O uso das rochas ornamentais pela humanidade, começou no início da civilização humana, durante o período neolítico.
 
Até hoje, podemos observar vários túmulos na Europa, Ásia e América, que foram construídos nessa época, feitos de blocos de granito, mármore, arenito, etc. Os mais conhecidos são Dolmenos (França) e Menhiros (Alemanha, Inglaterra e Itália).
 
Na era paleolítica na Rússia, existiram 200 cidades do homem primitivo, onde se fez grande uso de rochas ornamentais em construção de casas e túmulos.
 
Grandes pirâmides no Egito, são até hoje, exemplos de construções significativas para nossa civilização. Somente na pirâmide de Keops, com147m de altura, foram usados 2,3 milhões de blocos de calcário. O Egito abriu as primeiras pedreiras de rochas ornamentais há aproximadamente 5 milhões de anos, para extração de grandes blocos de calcário e sienito, para a construção dessas pirâmides.
 
A Grécia Antiga, e o Império Romano, são exemplos dessas civilizações que construíram enormes monumentos, túmulos, esculturas e estradas, com vários tipos de rocha ornamental, como o mármore, calcário, arenito, porfírio, granito, e muitos perduram até hoje. 
 
Durante toda a Idade Média, a humanidade utilizou grande quantidade de rochas ornamentais para a construção de palácios, castelos, igrejas, monumentos, esculturas, praças, estradas, etc.
 
A Itália usava o travertino, a Espanha o mármore, a França o arenito, a Finlândia e a Suíça o granito, dando início a um grande comércio dessas rochas.
 
Para a construção da igreja em São Petersburgo, a Rússia comprou da Finlândia grande quantidade de blocos de rapakivi-granito, até hoje muito conhecido no mundo inteiro. O transporte era feito por navios, e depois pela neve e gelo. 
 
No século XIX intensificou-se o uso de rochas ornamentais para construção civil, aumentando a produção do mármore de Carrara em várias pedreiras e, consequentemente, a exportação de blocos, principalmente para a França, Alemanha e Estados Unidos. 
 
Hoje em dia, a utilização de mármores e granitos na arquitetura moderna, aumenta todos os anos no mundo inteiro, assim como também o uso de outras pedras, como quartzito, ardósia, serpentinito, pedra sabão, etc.
 
O Brasil, especialmente Minas Gerais, é grande produtor de rocha ornamental, sendo considerado um dos maiores polos produtores de granito do mundo.