O rejuntamento é um recurso estético que oferece mais resistência à junção das peças e torna as superfícies mais lisas e planas, facilitando a limpeza de pisos e paredes.

Assentar pisos e azulejos é parte essencial de uma obra, portanto é importantíssimo atentar-se ao material que será utilizado e escolher o mais adequado para cada situação e ambiente.

Serve também para selar possíveis infiltrações dos pisos e paredes, pois em áreas úmidas é importante rejuntar corretamente para criar uma impermeabilização perfeita.

Existem quatro principais tipos de rejunte:

- Rejunte Cimentício para cerâmica (Flexível):
Indicado para pisos e revestimentos cerâmicos da área interna e externa, com espaçamento mínimo de 3mm.

- Rejunte Cimentício para Porcelanato (Flexível):
Indicado para pisos e revestimentos cerâmicos e porcelanatos para área interna e externa, com espaçamento mínimo de 2mm.

- Rejunte Acrílico:
Indicado para pisos e revestimentos cerâmicos, porcelanatos e pastilhas para área interna e externa, espaçamento mínimo 2mm.

- Rejunte Epóxi:
Indicado para pisos e revestimentos cerâmicos, porcelanatos, marmores, granitos e piscinas para área interna e externa, espaçamento mínimo 1mm.

Como aplicar?

Após preparar o rejunte conforme as especificações na embalagem, aplique o rejuntamento em até uma hora. Aplique a massa com uma espátula, procurando passá-la somente nas juntas, sem espalhar, e remova o excesso fazendo movimentos no sentido contrário. Em até 30 minutos, use uma esponja limpa e umedecida para dar acabamento às juntas.

É importante calcular a quantidade de material necessário, levando-se em consideração a largura das juntas em milímetros e o tamanho das peças em centímetros. Esse fator e a escolha do tipo apropriado de rejunte para sua peça, podem garantir a eficiência do trabalho e um bom resultado final.