A nova aposta de decoradores para banheiros e principalmente para lavabos, é a pia (ou cuba) esculpida, também chamada de moldada ou escavada.
 
Essas são variações de uma mesma definição, ou seja, quando a parte da pia é feita do próprio material da bancada, e tem como objetivo, esconder o ralo e o escoamento da água.
 
A grande vantagem da pia esculpida é a diversidade de tamanhos, modelos e materiais, seguindo as especificações coerentes de proporção e funcionalidade, necessitando de mão-de-obra especializada e qualidade para o desenvolvimento do trabalho.
 
Além da escolha da torneira a ser instalada, é importante verificar a pressão da água, para que não respingue nada ao utilizar a pia, então é necessário dimensionar muito bem, o escoamento e a saída de água. 
 
Existem dois modelos de pias com cubas esculpidas:
 
Cuba esculpida com rampa: mesmo sendo muito requintadas, lembre-se que a limpeza do ralo será mais trabalhosa, além de ser indicado que a tampa seja removível, para evitar a criação de limo.
 
Cuba esculpida com fundo reto: no modelo onde o fundo da cuba é reto, e geralmente removível, o escoamento da água dá-se nas extremidades.
 
Para que o trabalho fique perfeito, são utilizados materiais de tamanhos que evitem muitas emendas.
 
O mármore é uma das pedras mais conhecidas, e que sempre deixa o visual do banheiro combinando com tudo, pois possui muitas variações de cores e texturas. O ideal é um tipo que não possua tanta porosidade, optando preferencialmente por aqueles modelos com acabamentos especiais, como as flameadas e jateadas.
 
O granito é a pedra mais utilizada para esse tipo de trabalho, pois existem diversas opções cores, devendo-se tomar cuidado com a manutenção com as pedra mais claras, já que são mais suscetíveis a manchas. Além de o preço ser atrativo, sua procura aumenta devido a sua alta resistência e baixa absorção de água.
 
Fonte: Tuacasa